Parceiros
Atualidade

Putin quer rendição de nacionalistas ucranianos para resolver a crise humanitária em Mariupol

O presidente russo, Vladimir Putin, disse hoje ao Presidente francês, Emmanuel Macron, que os “nacionalistas” ucranianos na cidade de Mariupol devem “baixar as armas”, rendendo-se.


A informação foi avançada pelo Kremlin e divulgada pelas agências de notícias internacionais.



Emmanuel Macron e Vladimir Putin tiveram uma longa conversa telefónica esta tarde, sendo que o assunto principal devia incidir na garantia do sucesso da operação humanitária em Mariupol.


Para a Presidência francesa, o objetivo deste diálogo era garantir que os planos de evacuação e de ajuda humanitária estariam em pleno “nos próximos dias”.


De acordo com um comunicado do Kremlin, “enfatizou-se que, para resolver a difícil situação humanitária nesta cidade [Mariupol], os militantes nacionalistas ucranianos devem parar de resistir e depor as armas”.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.