AtualidadeJustiça

PSP preocupada com aumento de condutores sem habilitação legal

publicidade

A PSP está preocupada com o aumento de condutores detectados a conduzir veículos a motor sem habilitação legal, infração criminal que também se verifica nos acidentes rodoviários.

«É com especial preocupação que a PSP constata, nos primeiros sete meses de 2020, um acréscimo de 22% de condutores detetados a conduzir veículos a motor sem habilitação legal, quando comparado com a mesma janela temporal de 2019» refere um comunicado desta autoridade.

De 1 de janeiro a 31 de julho de 2020, a PSP deteve 3019 cidadãos por este motivo, mais 522 que no mesmo espaço temporal em 2019 (com 2467 detenções).

Também se em 2019 (de 1 de janeiro a 31 de julho) dos 2467 cidadãos detidos por este motivo, 84 foram-no na sequência do seu envolvimento em acidentes rodoviários, na mesma janela temporal de 2020, esse número aumenta para 98, num acréscimo de 17%, ou seja, mais 14 pessoas sem habilitação envolvidas em sinistros.

Tanto em 2019 como em 2020, mantém-se o perfil dos cidadãos que praticam este crime, com idade média de 32 anos.

«A condução de veículos por pessoas sem habilitação legal representa um perigo para a segurança rodoviária.

Por um lado porque os requisitos físicos e psicológicos não foram testados e, por outro, porque estas pessoas não tiveram a formação necessária para lidar com toda a informação necessária (regras gerais de trânsito; regras especiais, estabelecidas pela sinalização vertical e ou horizontal em determinado local; movimentação dos demais utentes da via, sejam outros veículos, peões ou animais), demonstrando dificuldade em interpretá-la e integrá-la na forma como conduzem, potenciando a sinistralidade rodoviária.»

Ler mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios. Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site