Parceiros
Atualidade

PSP lança programa ‘Saúde em Segurança’ devido ao aumento da violência contra profissionais

- publicidade -

A PSP lançou o programa de policiamento de proximidade ‘Saúde em Segurança’, orientado para o setor da saúde e cuja criação foi preconizada no Plano de Ação para a Prevenção da Violência no Setor da Saúde (PAPVSS).

Em causa está o aumento das situações de violência em hospitais e centros de saúde, um total de 961 registadas pela PSP no ano passado, mais 16% do que em 2020, no qual foram registadas 825 situações.

No âmbito do programa de policiamento de proximidade ‘Saúde em Segurança’, que está a decorrer esta semana, a PSP precisa que cerca de 80% das unidades hospitalares e centros médicos pertencentes ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) encontram-se na área de responsabilidade da PSP.

Segundo a PSP, a violência psicológica representa a principal tipologia de violência, seguindo-se a violência física e o assédio moral.

Cerca de 65% da violência registada é praticada por utentes, 21% pelos familiares ou acompanhantes dos doentes, 13% por profissionais de saúde e 1% por visitantes ou outras pessoas.

Tendo em conta que cerca de 86% da violência é praticada por utentes e familiares ou acompanhantes, a PSP pretende, «através do aumento da presença policial, contribuir para a redução e prevenção de ocorrências desta tipologia», refere em comunicado.

A primeira fase do programa ‘Saúde em Segurança’ contempla a formação dos Pontos Oficiais de Contacto da PSP, que têm como objetivos prevenir e monitorizar a ocorrência de episódios de violência no SNS, promover uma cultura de segurança no SNS, fomentar a criação de parcerias ao nível regional e local, promover formação para polícias e profissionais de saúde e reforçar a visibilidade policial junto dos centros hospitalares.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário