Parceiros
Almada

PSP deteve mulher que raptou filho de instituição em Almada

A PSP deteve na madrugada desta quarta-feira, uma mulher suspeita de ter ‘subtraído’ a filha, de 1 ano de idade, de uma instituição de Almada, o Centro Social Paroquial Padre Ricardo Gameiro onde este se encontrava por decisão judicial.

Num comunicado enviado a PSP explica que «pelas 17h45 desta terça-feira, dia 17 de setembro, a Esquadra do Laranjeiro recebeu a denúncia que uma mulher acabava de subtrair o seu filho menor da instituição onde este encontrava por decisão judicial.

De imediato foram deslocados meios para o local e iniciadas diligências para localizar e intercetar a suspeita, o que acabou por acontecer pelas 4h00 de quarta-feira.

Das informações recolhidas junto da instituição onde o menor se encontrava e de conhecidos, as autoridades apuraram que ‘a progenitora não tinha residência certa, consumia estupefacientes e denotava alguns problemas do foro psicológico, existindo a possibilidade desta colocar em causa a vida e integridade física do menor’.

A suspeita acabou por ser localizada, junto com o menor, no Hospital D. Estefânia. O bebé foi encontrado com um ferimento ligeiro na face, não se conhecendo para já a origem do mesmo. O menino ficou internado no hospital para observação, mas não corre perigo de vida.

Já a progenitora foi detida e será presente ao Ministério Público do Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Unidade Central de Almada.»



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.