Justiça

PSP apreendeu 4,6 toneladas de haxixe com o apoio do agente «Benji»

publicidade

A PSP participa nas missões FRONTEX, com fingerprint officers e binómios cinotécnicos, no âmbito do combate à imigração e na noite deste sábado, no âmbito de uma fiscalização/inspeção enquadrada na operação MINERVA, no porto de Algeciras (Cádiz), com a participação dos polícias do Grupo Operacional Cinotécnico da Unidade Especial de Polícia (GOC/UEP), foi localizado um carregamento de várias toneladas de haxixe, configurando o crime de tráfico internacional de estupefacientes.

A apreensão foi concretizada durante o período noturno no decorrer do controlo rotineiro de segurança efetuado a viaturas, feito por uma equipa conjunta que integrava dois binómios cinotécnicos, um do Cuerpo Nacional de Policía e outro do GOC/UEP.

Com apoio do canídeo Benji, no decorrer da verificação de segurança habitualmente realizada, foi inspecionado um veículo pesado de mercadorias, proveniente de Tânger.

Durante a abordagem o motorista adoptou um comportamento suspeito, que desencadeou a necessidade de uma vistoria minuciosa e a realização de buscas no interior da viatura.

Na sequência da busca detetou-se, no interior do habitáculo, uma divisão oculta que não tinha correspondência nem coincidia com as dimensões externas da viatura e onde foram localizados e apreendidos vários volumes de diferentes tamanhos, com um peso total de 4.596 kgs (4.6 Toneladas) de Haxixe.

 

Ler mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui