Justiça

PSP apreende 182 armas vendidas online na operação “SHARP KNIFE II”

publicidade

O Departamento de Armas e Explosivos (DAE) da Direção Nacional da PSP apreendeu 182 armas vendidas ilegalmente online, na operação “SHARP KNIFE II”.

No âmbito das competências em matéria de Investigação Criminal, foi realizada, “entre dia 24 de julho e 07 de agosto de 2020, uma Operação Policial que visou a recolha da prova material para desenvolvimento de um processo-crime relacionado com a venda ilegal de armas proibidas através da internet”, informou a PSP, num comunicado a que o Diário do Distrito teve acesso.

A investigação permitiu reunir informação relacionada com a venda ilícita de armas, “onde se incluem as armas de fogo, armas brancas, bóxeres (vulgo soqueiras), bastões extensíveis, aerossóis de defesa, entre outras, conforme crimes previsto no Artigo 86.º e 87.º do Regime Jurídico das Armas e suas Munições (Lei n.º 5/2006, de 23 de Fevereiro)”.

Foram executados 49 mandados de busca e apreensão ao longo de 24 meses de investigação, sendo 35 domiciliários e 14 não domiciliários, nos distritos de Aveiro, Braga, Bragança, Faro, Leiria, Lisboa, Porto, Setúbal, Viana do Castelo e Vila Real.

Foram ainda constituídos arguidos 24 indivíduos pelo crime de detenção de arma proibida. A PSP informa também que no início da investigação, em 2018, procedeu à apreensão de 137 armas “de diversos tipos (armas brancas, bóxeres, bastões extensíveis, aerossóis de defesa, entre outras), resultando na detenção em flagrante delito de 1 indivíduo”.

No total, são 182 armas apreendidas na operação “SHARP KNIFE II”.

Ler mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui