CulturaEducaçãoPolíticaSesimbra

PSD-Sesimbra vai apresentar Plano de Emergência Municipal para combater efeitos da crise

- publicidade -

A Comissão Política do PSD Sesimbra formulou um pacote de medidas que vão fazer parte de um Plano de Emergência Municipal que será apresentado pelos deputados a Assembleia Municipal. «Tenho a certeza de que este plano irá ser acolhido por todos…pois acredito que aquilo que nos une enquanto partidos é mais forte do que aquilo que eventualmente nos pode separar», disse, em comunicado, Marco Rodrigues.

O político acredita que, nesta questão, os restantes partidos presentes na Assembleia Municipal devem estar ao lado da proposta que o PSD pretende apresentar. O PSD defende que este plano, que seria baseado com 8% da verba que a autarquia tem direito vindo do IRS, e um conjunto de medidas para ajudar os que estão em maiores dificuldades. O partido pretende um suporte de 50% (durante três meses) do aumento do custo médio com energia das IPSSs do concelho; apoiar as escolas na identificação de situações sociais de pobreza envergonhada (durante a pandemia, muitas escolas do concelho mantiveram as suas cozinhas abertas para garantir que os seus alunos tinham algo para comer) e restruturar e reforçar o apoio dado ao associativismo cultural e desportivo.

Os estudantes de Sesimbra que estão no ensino superior também não foram esquecidos, já que pretendem apoiar com 15 bolsas de estudo de 1.200 euros (cada uma) aos alunos de mérito que apresentem dificuldades no pagamento das propinas. Esta é uma das primeiras iniciativas conjuntas entre a nova direção do PSD-Sesimbra e a JSD. Segundo a JSD, a educação faz parte do primeiro nível do elevador social.

«Este plano, no que respeita a juventude, não termina aqui. A JSD tem algumas propostas para apresentar para tentar combater os problemas dos jovens do concelho, disse o presidente da JSD, Miguel Nunes. Tal como outros partidos e o próprio executivo autárquico, os sociais-democratas também se encontram preocupados com o aumento do custo de vida que cresce a cada mês que passa e esvazia as carteiras de famílias e de empresas.

Marco Rodrigues, presidente do PSD Sesimbra, relembrou que «a preocupação dos partidos deve estar nas pessoas». Para saber o que estas pedem e precisam, realizaram um conjunto de visitas a IPSSs que ajudam populações de diferentes estratos etários.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *