Distrito SetúbalPolítica

PSD critica atrasos nas respostas sociais no distrito de Setúbal

- publicidade -

Em nota enviada às redações, o presidente da Distrital de Setúbal do PSD, Paulo Ribeiro, acusa o Governo de não dar resposta à crise social que se continua a agravar na região, resultante de milhares de pessoas que ficaram sem trabalho ou em lay-off, devido à pandemia originada pelo Covid-19.

«O Governo está a falhar em toda a linha, no apoio às famílias e às empresas. Os apoios são aquém do que deviam de ser e demoram a chegar» refere na nota, emitida na sequência de  uma  reunião  entre elementos da Distrital com  representantes da  UGT  Setúbal,  onde  foram  abordadas  a  situação  laboral  e  a subida  do  desemprego  no  distrito.

Paulo  Ribeiro  lamenta também os  atrasos  nas  respostas  sociais  e «a pouca importância que o Governo dá à concertação social. O PS não fala com ninguém, nem ouve ninguém. Por isso é que são cometidos demasiados erros. Infelizmente, quem sofre com essa postura são as famílias e as empresas.»

O dirigente lembra que, ainda recentemente, numa reunião com o Banco Alimentar contra a Fome do distrito de Setúbal, foi referido que em 2020 foram auxiliadas mais 25% de pessoas do que em 2019, número que provavelmente irá aumentar ainda mais.

Na  reunião  com  a  UGT  estiveram  ainda  presentes  Nuno  Dominguinhos,  em  representação  da distrital social-democrata, assim como Carlos Vitorino e Pedro Vieitas Antunes, pelo Secretariado Distrital dos TSD.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui