Atualidade

PS manifesta pesar por óbito de fundador Luís Nunes da Ponte

Luís Nunes da Ponte, um dos fundadores do Partido Socialista português, morreu aos 75 anos, informou hoje o partido, que manifestou «profundo pesar» e agradeceu o seu trabalho «em prol da luta pela liberdade e pela democracia».

Luís Nunes da Ponte nasceu há 75 anos, no Porto, licenciou-se em Filologia, tendo desenvolvido o seu percurso profissional em torno da área do turismo. Esteve ligado ao Turismo de Portugal e ao Instituto do Comércio Externo de Portugal (ICEP), a partir de onde trabalhou na Áustria e nos EUA, de acordo com a nota biográfica enviada pelo PS.


Foi ainda diretor do Turismo em Macau, passou pelo Ministério da Economia e Turismo, foi administrador da Enatur Pousadas de Portugal e contou também, na sua carreira, com uma passagem pela Assembleia da República, onde foi assessor de Jaime Gama para a área cultural.

Na nota de pesar é referido que «é com profundo pesar que a Direção Nacional toma conhecimento da morte de Luís Nunes da Ponte, um dos fundadores do Partido Socialista, a quem o Partido agradece pelo trabalho desenvolvido em prol da luta pela liberdade e pela democracia em Portugal».

O PS endereçou ainda «as mais sinceras condolências à família e amigos de Luís Nunes da Ponte».

Nota de Redação

Depois de termos recebido um email da Exma. Sra. Maria Amélia Albuquerque a comunicar que a foto que aparecia na noticia estava errada e não seria do seu primo, mas sim, do seu irmão, a direção do Diário do Distrito optou por mudar a foto, embora numa pesquisa mais profunda que realizamos no Google com o nome da pessoa falecida, em algumas informações apareça a pessoa que estava na foto. Assim, pedimos as mais e sinceras desculpas à família pelo lapso de foto.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.