Política

PS evocou Mário Soares no dia que faria 96 anos de idade

- publicidade -

O Partido Socialista  evocou esta segunda-feira o fundador Mário Soares, que morreu em janeiro de 2017, no dia em que completaria 96 anos, com uma iniciativa digital em que anunciou para abril uma conferência sobre direitos fundamentais.

A sessão evocativa do aniversário e da memória do antigo Presidente da República, sob o tema ‘Mário Soares e os direitos humanos’, foi transmitida na página do PS na rede social Facebook e contou com intervenções do secretário-geral adjunto, José Luís Carneiro, dos filhos João Soares e Isabel Soares, e dos professores universitários Fernanda Rollo e Paulo Pinto de Albuquerque.

José Luís Carneiro considerou que Mário Soares, que nasceu a 7 de dezembro de 1924, «foi inspirador no que toca às liberdades democráticas e direitos fundamentais, tendo sido essencial na consolidação democrática e na abertura do país à Europa.

Toda a sua vida foi dedicada ao combate democrático pela liberdade e por isso é muito oportuno lembrá-lo no dia do seu aniversário.»

O objetivo desta iniciativa através da internet foi assinalar o «contributo essencial para o país que Portugal é hoje, o país das liberdades, dos direitos fundamentais, do Estado de direito e também o país europeu», afirmou o secretário-geral adjunto.

José Luís Carneiro adiantou ainda que o PS quer organizar, por altura do aniversário do partido, em abril, uma conferência para evocar os direitos fundamentais.

João Soares salientou que esta iniciativa foi «um momento particularmente tocante para a sua família e assinalou que o pai, que esteve preso pela defesa dos direitos humanos e das liberdades fundamentais, lutou pela paz, direitos humanos e tolerância, e continuou sempre fiel a esses princípios».

Também na sessão, Isabel Soares adiantou que a Fundação Mário Soares está a ser relançada.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo