Palmela

Proposta da Autoeuropa não agrada ao Sindicato e trabalhadores

- publicidade -

O SITE-Sul, Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Sul revelou hoje que a Autoeuropa mantém a intenção de preceder a atualizações salariais com base na taxa de inflação nos próximos três anos.

«Não houve qualquer evolução significativa por parte da Autoeuropa desde o passado mês de março», disse à agência Lusa o coordenador do SITE-Sul, Eduardo Florindo, após uma reunião realizada hoje com a administração da fábrica da Volkswagen em Palmela.

«A Autoeuropa continua a propor um acordo que prevê aumentos salariais a três anos em função da taxa de inflação, mas a discussão em torno dos aumentos deste ano ainda não está fechada.»

De acordo com o sindicalista do SITE-Sul, a fábrica de automóveis de Palmela, que teve o seu terceiro melhor ano de sempre em 2020, apesar de ter sido um ano de pandemia, «pode pagar mais aos seus trabalhadores».

«Os responsáveis da fábrica de Palmela dizem que não podem viabilizar atualizações salariais mais elevadas para manter a competitividade, mas nós entendemos que o resultado alcançado em 2020 também se deve ao esforço dos trabalhadores. E consideramos que a proposta da empresa é insuficiente», reiterou o sindicalista.

No passado mês de março, o SITE-Sul já tinha acusado a Autoeuropa de ter apresentado uma «contraproposta vergonhosa», com redução de rendimentos e regalias, em resposta às reivindicações dos trabalhadores.

A administração da Autoeuropa não presta declarações durante o processo negocial com a Comissão de Trabalhadores.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui