AtualidadeCrimeLisboa

Prometia emprego e aluguer de quartos pelas redes sociais para violar jovens

Um homem com 30 anos de idade foi detido pela Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, indiciado por dois dois crimes de violação, sobre duas mulheres, com 21 e 22 anos de idade.

«Os últimos factos criminosos ocorreram no passado domingo, após o autor ter conseguido marcar encontro com a vítima, através de um esquema insidioso, ao passar-se por pessoa, que, numa rede social, anunciava uma proposta de emprego» refere a nota divulgada pela PJ.

«Ao encontrarem-se na via pública, de imediato o agressor a ameaçou com uma arma branca e a levou para uma zona arborizada, longe de áreas edificadas, para ali a submeter a sevícias sexuais.

Os elementos de prova, entretanto reunidos, permitiram fazer a conexão deste caso com outra situação de violação, ocorrida em meados de agosto passado, em que o autor conseguiu chegar à vítima através de esquema fraudulento semelhante, também através de rede social e fazendo-se passar por pessoa que tinha um quarto para arrendar.»

A Polícia Judiciária adianta também que «para o desenvolvimento da investigação foi fundamental a intervenção pericial do Laboratório de Polícia Científica da PJ, designadamente na recolha, análise, comparação e identificação célere, dos vestígios biológicos».

O detido, já referenciado policialmente, foi presente a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, tendo-lhe sido aplicada a medida de prisão preventiva.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *