Parceiros
Lisboa

Projeto “Conhecer para Proteger” promete reforçar apoio a jovens da comunidade LGBTI

Na passada sexta-feira, dia 29 de julho, realizou-se a Apresentação do Projeto “Conhecer para Proteger”, na Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro. Projeto que apoia crianças e jovens da comunidade LGBTI

O evento contou com a presença da Secretária de Estado da Igualdade e Migrações, Isabel Almeida Rodrigues e de Rosa Paulos, Diretora Executiva da Casa Qui – Associação de Solidariedade Social

O projeto “Conhecer para Proteger: Boas Práticas de Apoio a Crianças e Jovens LGBTI é o resultado de uma parceria entre a Casa Qui e a Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens.


Na sessão de encerramento e Apresentação do projeto, a Secretária de Estado da Igualdade e Migrações referiu os esforços que é necessário para combater a violência e o escrutínio que a comunidade LGBTI sofre “Temos que continuar a trabalhar em duas frentes: Identificar e atuar sobre situações de violência e violência sempre que elas ocorram, independentemente se estivermos a falar de fenómenos que ocorram de forma verbal, físico e etc…”

“Quanto mais rapidamente encaminharmos, mais depressa a criança vai usufruir do apoio e da ajuda de que necessita.” Completou Isabel Almeida Rodrigues.

No seu discurso onde a autarca, além de falar de vários temas no meio envolvente desta comunidade e de sensibilizar as massas para que apoiem e entendam da melhor forma estes jovens e crianças que muitas vezes não tem um caminho fácil na sua fase mais importante do seu crescimento, explicou algumas propostas sobre este projeto

“O apoio às estruturas especializadas no atendimento e no acolhimento de emergência ás vitimas de lgbt+ de violência domestica e violência de género, é um apoio que é para continuar, porque o trabalho que é bem feito e que para nós é essencial, e queremos continuar a apostar também na formação dos vários fatores nestas temáticas”.

Completando ainda que “Já identificámos também a necessidade de melhorar o sistema de queixas e estamos já através de um protocolo com os OPCs iniciar a implementação de um plano de formação ao órgão de polícia criminal, porque também aqui é preciso aprimorar a forma como lidamos com estas situações”.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.