Atualidadecoronavírus

Professores não são prioritários na vacinação anti-covid19 para a DGS

- publicidade -

A directora-geral da Saúde, Graça Freitas, defendeu hoje que os professores não são um grupo prioritário para a vacinação da Covid-19, por não serem considerados como ‘grupo de risco’.

Graça Freitas respondia à deputada do PAN, Bebiana Cunha, numa audição por videoconferência na Comissão Eventual para o acompanhamento da aplicação das medidas de resposta à pandemia e do processo de recuperação económica e social.

Segundo a DGS, os professores não são considerados um grupo de risco que deva ser integrado entre as prioridades de vacinação contra a covid-19 somente pelo critério de atividade profissional.

Em resposta à deputada do PAN, Graça Freitas reconheceu a importância destes profissionais «para o funcionamento do país», mas rejeitou considerá-los um grupo de risco.

«Independentemente de serem trabalhadores em escolas, são pessoas com determinado grupo etário e determinados fatores de risco. Portanto, serão vacinados de acordo com esse risco, uma vez que pela profissão não têm um risco acrescido.»

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui