Justiça

Processo ‘Face Oculta’ leva à detenção de três suspeitos

- publicidade -

O Tribunal de Aveiro emitiu três mandados de detenção para José Penedos (ex-secretário de Estado de um governo PS), Paulo Penedos e Paiva Nunes no âmbito do processo Face Oculta está relacionado com uma alegada rede de corrupção que teria como objetivo o favorecimento do grupo empresarial do sucateiro Manuel Godinho.

Paulo Penedos teve conhecimento do mandado de detenção através do seu advogado, que viu os mandados no Citius, o sistema informático que gere os tribunais, e decidiu apresentar-se voluntariamente esta segunda-feira no estabelecimento prisional de Coimbra.

Paulo Penedos foi condenado a quatro anos de prisão efetiva, por um crime de tráfico de influência e o pai, José Penedos, na altura dos factos presidente da REN – Redes Energéticas Nacionais, foi condenado a três anos e três meses de prisão efetiva, por um crime de corrupção.

Paiva Nunes, ex-administrador da EDP Imobiliária, foi condenado a quatro anos de prisão efetiva por dois crimes de corrupção, mas posteriormente o Tribunal de Aveiro decretou a prescrição de um daqueles crimes.

Os três arguidos ainda têm recursos pendentes no Tribunal Constitucional, mas a juíza titular dos autos no Tribunal de Aveiro, Isabel Ferreira de Castro, decidiu que os mesmos não têm efeito suspensivo.

O processo Face Oculta, que começou a ser julgado em 2011, está relacionado com uma alegada rede de corrupção que teria como objetivo o favorecimento do grupo empresarial do sucateiro Manuel Godinho nos negócios com empresas do setor do Estado e privadas.

Reveja o debate com os candidatos à CM Alcochete

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo