CrimeMoita

Prisão preventiva para três dos detidos em mega-operação na Moita

Operação decorreu na Moita no dia 9 de Março

- publicidade -

No dia 9 de Março a GNR realizou uma grande operação de combate ao tráfico de estupefacientes, que culminou com a detenção de 15 pessoas, 14 homens e 1 mulher.

Em comunicado enviado esta segunda-feira às redações do Comando Territorial de Setúbal da GNR, é dado conta de que após a apresentação dos detidos a primeiro interrogatório, no Tribunal Judicial do Barreiro, foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva a três dos detidos e a apresentações no posto policial da área de residência aos restantes.

A operação, que envolveu mais de 150 militares, decorreu na sequência de uma investigação que tem vindo a ser desenvolvida há cerca de um ano e meio e resultou no desmantelamento de uma rede que se dedicava ao tráfico de estupefacientes através da venda direta ao consumidor nos concelhos da Moita e do Barreiro, com obtenção de valores pecuniários ou de bens materiais obtidos através de furtos e roubos.  

No decorrer desta operação foi apreendido o seguinte material: 15 pés de canábis; 20 doses de canábis; 83 doses de haxixe; 14 doses de cocaína; 10 armas brancas; 1.562 euros em numerário; 18 telemóveis; 5 moinhos; 2 bastões; 2 computadores portáteis; 4 balanças; 4 consolas; 3 pistolas de ar comprimido; 1 arma de airsoft; 1 munição de calibre 12; 1 soqueira e vários equipamentos de produção e cultivo de plantas canábis (duas estufas).

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui