Prisão preventiva para homem que matou jovem na Quinta da Princesa

Ficou em prisão preventiva para Jaime Francisco Teixeira, o suspeito de a 27 de Agosto ter assassinado o jovem Rúben Barreto e ferido outro homem na Quinta da Princesa, Seixal.

0
241
José Francisco Teixeira era procurado pela PJ desde Agosto
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Ficou em prisão preventiva Jaime Francisco Teixeira, o suspeito de a 27 de Agosto ter assassinado o jovem Rúben Barreto e ferido outro homem na Quinta da Princesa, Amora, devido a uma situação de violência doméstica à qual ambas as vítimas eram alheias.

O homem foi hoje presente ao Tribunal do Seixal, pelo Ministério Público, e foi-lhe aplicada a medida de coação mais gravosa, enquanto aguarda por julgamento.

O suspeito, que residia no Seixal e encontrava-se em fuga desde o dia do crime, foi detido na Holanda no passado dia 18 de Outubro, conforme o Diário do Distrito noticiou, após o cumprimento de um mandado de detenção europeu.

O crime ocorreu em 27 de agosto, quando Rúben Barreito  (Baza Lenha) de 18 anos foi morto com um tiro na cabeça, um incidente que também causou ferimentos a um homem de 39 anos.

DR – Facebook – Rúben Barreto

Segundo o Ministério Público, «o arguido é suspeito de ter empunhado uma arma de fogo municiada, com a qual efetuou um disparo na direção do ofendido, atingindo-o na região temporoparietal esquerda, causando-lhe, assim, lesões crânio-encefálicas que determinaram a morte.

Após o disparo o arguido abandonou o local. O Ministério Público emitiu um mandado de detenção europeu, em execução do qual o arguido foi detido na Holanda.

Na sequência do interrogatório, o Ministério Público requereu a aplicação ao arguido da medida de coação de prisão preventiva, a qual foi aplicada pelo juiz de Instrução.

A investigação prossegue sob direção do Ministério Público do Seixal do DIAP da Comarca de Lisboa, com a coadjuvação da Polícia Judiciária de Setúbal, e o inquérito encontra-se em segredo de justiça.»

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome