Prisão preventiva para homem que deitou fogo à mulher no Seixal

Homem de 80 anos vai ficar em prisão preventiva

publicidade
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Foi presente a primeiro interrogatório judicial o homem que no dia 19 de Julho foi detido em Paio Pires, Seixal, depois de ter regado a mulher com álcool e lhe ter deitado fogo.

O homem de 80 anos é conhecido como ‘rei da sucata’ e ficou em prisão preventiva, acusado dos crimes de homicídio qualificado, na forma tentada, e de incêndio, explosões e outras condutas especialmente perigosas.

O arguido é suspeito de ter regado a companheira com álcool e ter-lhe deitado fogo. Uma conduta que poderia ter provocado a morte da ofendida se esta não tivesse conseguido apagar as chamas com um chuveiro.

Ainda assim, a gravidade dos ferimentos determinou que tivesse que ser submetida a uma intervenção cirúrgica.

Após o interrogatório e em consonância com o promovido pelo Ministério Público, o juiz de instrução determinou que o arguido ficasse sujeito a prisão preventiva e proibido de contactar com a vítima.

A investigação prossegue sob direção do Ministério Público do DIAP da comarca de Lisboa, secção do Seixal.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome