DestaqueDistritoJustiçaSantarém
Em Destaque

Prisão preventiva para homem que baleou grávida em Tomar

Reformado atingiu grávida de seis meses na zona do tórax. A vítima continua internada no hospital, mas não corre risco de vida.

publicidade

Já foi ouvido em tribunal o homem de 69 anos que foi detido pela Polícia Judiciária por suspeitas de ter baleado uma mulher grávida em Charneca da Peralva, localidade do concelho de Tomar.

O juiz de instrução criminal decidiu aplicar a medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva, devido ao perigo de continuação da atividade criminosa.

Ao que apurámos, não seria a primeira vez que o homem atacava a mulher de 37 anos. Antes de disparar a arma de fogo, o homem já teria furado os pneus do carro da vítima.

Na origem do desentendimento estará uma discussão com o filho menor da mulher, de 14 anos. A mulher, grávida de seis meses, é vizinha e empregada doméstica do suspeito. Recentemente, o homem terá acusado o menor de roubar bens da casa e agrediu a criança. Ao saber do sucedido, a mulher deslocou-se a casa do vizinho para pedir satisfações e foi nessa altura que o homem pegou na arma de fogo e disparou.

A vítima foi atingida na zona do tórax, tendo sido assistida no hospital de Abrantes. Mãe e bebé não correm risco de vida, mas a mulher continua internada.

Na altura da detenção, a PJ apreendeu a arma que terá sido utilizada no crime e uma outra arma de fogo de calibre ilegal.

O homem vai aguardar o desenrolar do processo em preventiva, responde por homicídio qualificado na forma tentada. A investigação ao caso prossegue no Departamento de Investigação Criminal de Leiria.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui