Prisão preventiva para homem de 82 anos por abuso sexual de criança na Moita

Um homem de 82 ficou em prisão preventiva por abuso sexual de uma criança de 11 anos com problemas cognitivos.

0
255
DIÁRIO IMAGEM
Tempo de Leitura: 1 minuto

O Ministério Público apresentou, esta segunda-feira, a interrogatório judicial um detido indiciado pela prática do crime de abuso sexual de criança, a quem o juiz de instrução aplicou a medida de prisão preventiva.

Os factos remontam a 6 de Abril de 2019 e ocorreram no Vale da Amoreira, Moita, onde o arguido, de 82 anos, e a vítima, de 11 anos e com problemas cognitivos, residem.

O detido é suspeito de, depois de ter aliciado a vítima a entrar em sua casa, aí ter mantido relações sexuais com esta.

A investigação é dirigida pelo Ministério Público da Moita do DIAP da Comarca de Lisboa com a coadjuvação da PSP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome