BarreiroJustiça

Prisão preventiva para duo que assaltou um homem e uma associação no Barreiro

publicidade

Dois homens, acusados de crimes de roubo e furto, ficaram com a medida de coação de prisão preventiva após terem sido presentes ao tribunal do Barreiro.

Os dois detidos estavam indiciados pela prática, em coautoria, de dois crimes de roubo, um crime de abuso de cartão de crédito e um crime de furto qualificado.

Um dos primeiros casos da acusação teve lugar no dia 7 de Novembro quando ambos entraram numa casa devoluta, onde pernoitava a sua vítima, que agrediram com violência, um deles colocando-lhe os braços em volta do pescoço, enquanto o outro arguido lhe desferia murros e pontapés.

Enquanto a vítima se encontrava inanimada, os arguidos apoderam-se dos bens pessoais do ofendido, entre os quais um cartão de crédito que utilizaram para realizar várias compras.

Numa outra situação, no dia 11 de novembro, os dois arguidos entraram na sede de uma instituição recreativa, no Barreiro, através de uma janela, de onde furtaram vários objetos.

Os arguidos praticaram os crimes a fim de angariarem meios para a sua subsistência, uma vez que um deles se encontra desempregado desde dezembro de 2019 e o outro trabalhava como repositor de supermercado apenas desde setembro deste ano.

Os arguidos já tinham antecedentes criminais, sendo que um deles praticou os factos no decurso de cumprimento de uma pena de prisão suspensa na sua execução com regime de prova, pela prática do crime de roubo.

Na sequência do interrogatório, o Ministério Público requereu a aplicação da medida de coação de prisão preventiva a ambos os arguidos, medida que foi aplicada pelo Juiz de Instrução Criminal.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui