Atualidade

Presidente e ministro lamentam morte de bombeiro de Proença-a-Nova

- publicidade -

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou este domingo a morte de um bombeiro da corporação de Proença-a-Nova, distrito de Castelo Branco, que combatia o incêndio que deflagrou no sábado em Oleiros, através de uma nota publicada no portal da Presidência da República.

O bombeiro, de 21 anos, ficou desaparecido na sequência de um acidente com a viatura em que seguia com outros elementos da sua corporação, que capotou, provocando também um ferido grave e três feridos ligeiros.

Segundo o Presidente, este esteve na noite de sábado «em contacto com os presidentes de câmara das zonas afetadas pelos incêndios e com o comandante dos bombeiros de Proença-a-Nova, a quem apresentou condolências pelo terrível acidente no quadro de operações que vitimou um jovem bombeiro» e também «falou com familiares do bombeiro, a quem transmitiu os seus sentimentos».

Também o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, lamentou este domingo a morte do jovem bombeiro de Proença-a-Nova, Diogo Dias, numa nota de pesar onde manifesta ainda os votos de «plena recuperação» aos quatro bombeiros que ficaram feridos no mesmo acidente.

Eduardo Cabrita assinala «a forma empenhada, altruísta e profissional com que todos os dias milhares de bombeiros integram este esforço nacional da defesa da floresta contra incêndios».

À família do jovem bombeiro falecido, aos amigos e à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Proença-a-Nova, o ministro endereça os «sentidos pêsames».

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui