Parceiros
AtualidadeBombeirosPaísPolíticaPortoSociedade

Presidente da República lamenta vítimas do incêndio no Hospital de São João

Marcelo Rebelo de Sousa contactou esta noite o presidente do conselho de administração do Hospital de São João, no Porto, na sequência do incêndio desta tarde.

Num comunicado publicado na página oficial da Presidência, o Presidente da República exprimiu a sua “solidariedade com todos os afetados e respetivas famílias, mas também com os profissionais daquela unidade de saúde”.


O incêndio que deflagrou hoje no Hospital de São João, no Porto, causou um morto e quatro feridos graves, estando ainda cinco profissionais a ser assistidos no Serviço de Urgência.

Em comunicado, o Centro Hospitalar Universitário São João afirmou que o incêndio foi de “elevada complexidade”, mas dado como extinto pelas 19:00 deste domingo.

Os doentes do servico de Pneumologia foram entretanto transferidos para o serviço de Medicina Interna.

De acordo com a Agência Lusa, o Centro Hospitalar vai abrir um processo de averiguações. “As causas do incêndio estão a ser apuradas e será aberto um processo de averiguações interno”.

O Hospital está agora a “prestar informação e apoio psicológico às famílias das vítimas e aos profissionais”, tendo apresentado “os mais sentidos pêsames à família da vítima mortal”.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.