Presidente da República diz que ação de Miguel Duarte “é de louvar”

Miguel Duarte participou resgatou milhares refugiados. Agora, está constituído arguido por suspeita de auxílio à imigração ilegal por parte das autoridades italianas, podendo enfrentar uma sentença de 20 anos de prisão.

0
105
@ Cultura e Arte
Tempo de Leitura: 1 minuto

Marcelo Rebelo de Sousa louvou o comportamento de Miguel Duarte, o jovem que está acusado pela procuradoria de Trapani (Sicília) por apoiar a imigração ilegal e que pode vir a ser submetido a uma pena de prisão até dois anos.

Em declarações ao Observador, Marcelo Rebelo de Sousa disse que “não entende a colocação da questão”. “No Direito Nacional a questão do auxílio é um direito em caso de risco de vida“, disse o Presidente. “Só é de louvar o comportamento adotado pelo nosso compatriota”, disse ainda Marcelo.

No último debate quinzenal, António Costa foi confrontado por Catarina Martins com a situação do português acusado de apoiar a imigração ilegal. O primeiro-ministro garantiu que o Governo vai assegurar “todo o apoio diplomático” que um cidadão português tem direito .

Miguel Duarte participou em quatro missões e resgatou muitos refugiados, cristãos a fugir da guerra e ajudou pessoas a fugir do Sudão do Sul e da ditadura da Eritreia.

Em Junho de 2018, o jovem foi constituído arguido por suspeita de auxílio à imigração ilegal por parte das autoridades italianas, podendo enfrentar uma sentença de 20 anos de prisão e milhares de euros em coimas por ter salvo cerca de 14.000 vidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome