Distrito SetúbalEconomiaNacional

Preço médio de arrendamento cai no distrito de Setúbal em fevereiro

O preço médio de arrendamento diminuiu 14,6% em fevereiro face ao mês homólogo de 2020, para 1.004 euros.

- publicidade -

O preço médio de arrendamento diminuiu 14,6% em fevereiro face ao mês homólogo de 2020, para 1.004 euros, enquanto o preço médio de venda de imóveis aumentou 0,4%, para 349.208 euros, segundo o Barómetro Imovirtual.

Os distritos do Porto (-20,6%), Lisboa (-16,2%) e Setúbal (-13.2%) apresentaram as quebras mais significativas nos valores médios de arrendamento, passando de 1.094 euros para 869 euros, 1.517 euros para 1.272 euros e 904 euros para 785 euros, respetivamente, enquanto Beja (+19,1%) registou, novamente, a maior subida, ao passar de 499 euros para 594 euros, seguida da Guarda (+17,9%) e de Santarém (+12,3%).

Ao nível dos preços médios de venda, os dados do portal imobiliário Imovirtual destacam o crescimento registado em Aveiro (+7,5%, para 212.923 euros) e a quebra em Évora (-11,2% para 213.059 euros).

Comparando os dados de fevereiro de 2021 com os do mês anterior (janeiro), regista-se um “ligeiro aumento” de 0,8% no preço médio dos imóveis anunciados para venda no Imovirtual e uma quebra residual de 0,1% no valor médios dos imóveis no segmento de arrendamento.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui