País

Portugueses ganham em média 1.326 euros, mas crescimento abranda com a covid-19

publicidade

A remuneração média mensal dos trabalhadores portugueses é de 1.326 euros, uma subida de 1,6% face ao mesmo trimestre do ano passado, segundo Instituto Nacional de Estatística (INE) com base nos 4,0 milhões de postos de trabalho subscritores da Caixa Geral de Aposentações.

A remuneração bruta média mensal, sem subsídios de natal e férias, cresceu 3% e subiu para 1.005 euros em junho, um valor similar em março deste ano, o mês que pela primeira vez se superou a marca dos mil euros mensais.

Ainda assim, a pandemia covid-19 afetou os setores económicos alojamento, restauração e similares com um ordenado médio de 716 euros em junho. Já a remuneração mais elevada de 3.074, em junho, verificou-se áreas da eletricidade, gás, vapor, água quente e fria e ar frio.

“A dinâmica recente das remunerações médias no trimestre terminado em junho de 2020 foi significativamente influenciada pela instituição do regime de lay-off simplificado”, justifica o INE. Desta forma, “entre as empresas que recorreram a este regime a variação nominal homóloga das remunerações médias total, regular e base situou-se, respetivamente, em -2,0%, -0,1% e +0,7%, enquanto no conjunto das restantes empresas se fixou em +5,5%, +5,5% e +5,6%, pela mesma ordem”, explica o relatório do INE.

Ler mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios. Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site