País

Portugal sob risco ‘muito elevado’ de exposição à radiação UV

publicidade

Portugal continental e os arquipélagos da Madeira e Açores apresentam hoje um risco muito elevado e elevado de exposição à radiação ultravioleta (UV), segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Para as regiões com risco muito elevado e elevado, o IPMA recomenda a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, ‘t-shirt’, guarda-sol, protetor solar e evitar a exposição das crianças ao Sol.

O índice ultravioleta varia entre 1 e 2, em que o risco de exposição à radiação UV é baixo, 3 a 5 (moderado), 6 a 7 (elevado), 8 a 10 (muito elevado) e superior a 11 (extremo).

O IPMA prevê para hoje no continente céu limpo e subida de temperatura, em especial nas regiões Norte e Centro.

Está também previsto vento fraco a moderado do quadrante leste, rodando temporariamente para norte na faixa costeira ocidental a norte de Sines durante a tarde, e soprando moderado a forte nas terras altas até final da manhã e a partir do final da tarde.

As temperaturas mínimas no continente vão oscilar entre os 12 graus Celsius (em Bragança) e os 22 (em Lisboa) e as máximas entre os 27 (na Guarda) e os 38 (em Setúbal).

O distrito de Setúbal, bem como os de Lisboa, Braga e Leiria vão estar sob aviso amarelo até às 17h00 de sábado devido ao tempo quente, também segundo o IPMA.

O aviso amarelo, o terceiro de uma escala de quatro, revela situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui