Portugal pode vir a ter mais dois Estados de Emergência

António Costa admite que o Estado de Emergência pode ser renovado até ao dia 17 de maio. Mas deixa aviso que é a data limite imposta pelo Governo.

1
Lisboa, 08/10/2019 - O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recebeu esta noite no Palácio de Belém, António Costa, para o indigitar como Primeiro-Ministro com possibilidade de formar novo Governo. (Filipe Amorim / Global Imagens)
publicidadeGearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion
Tempo de Leitura: < 1 minuto

A polémica está instalada, de um lado o Governo a admitir o alargamento do Estado de Emergência até ao dia 17 de maio, e do outro lado a Organização Mundial de Saúde a avisar os Estados afetados pelo Covid-19 para não terem pressa no levantamento das medidas de restrição.

O primeiro-ministro, António Costa, admitiu já vir a renovar por mais duas vezes o estado de emergência, isto é, se for necessário, Portugal irá avançar para mais dois decretos até ao dia 17 de maio. Se assim for, os portugueses continuaram em quarentena e com medidas de contenção.

António Costa também alertou que esta é a data limite e viável para o Governo renovar o estado de emergência, uma vez que prolongado por mais semanas, a economia nacional pode ficar catastroficamente debilitada.

Pais não estão de acordo que filhos voltem às aulas

A decorrer está uma petição onde um conjunto de país não aceita que os filhos voltem às aulas, já que o primeiro-ministro anunciou esta tarde que o secundário terá que voltar devido aos exames nacionais e de entrada para as universidades. As redes sociais foram invadidas com protestos de alguns pais que até ponderam não deixar voltar os filhos às escolas.

Algarve cheio de visitantes

Os controlos feitos pelas autoridades está a meio gás, foi visível ver-se hoje num canal televisivo as ruas do Algarve com pessoas. Um casal que foi ontem abordado pelas autoridades na Estação de Serviço ter-se-á descaído que morava na Ajuda, Lisboa, e que seguiam para Albufeira para passar a Páscoa com a mãe de um deles. A reportagem foi realizada pela RTP já sem o militar da GNR por perto. O casal, esse seguiu viagem até terras algarvias. Em Portimão os bombeiros vão soar a sirene do quartel cada vez que exista pessoas nas ruas sem necessidade. Muitas famílias aproveitaram sair para as terras antes da operação “Páscoa em Casa” desencadeada pelas autoridades. A Norte do país é possível ver-se aldeias repletas de famílias que não ficaram em casa.

publicidade

1 COMENTÁRIO

  1. fritaram os fusiveis querem voltar ao normal !!!……
    .
    “de um lado o Governo a admitir o alargamento do Estado de Emergência até ao dia 17 de maio, e do outro lado a Organização Mundial de Saúde a avisar os Estados afetados pelo Covid-19 para não terem pressa no levantamento das medidas de restrição.

    O primeiro-ministro, António Costa, admitiu já vir a renovar por mais duas vezes o estado de emergência, isto é, se for necessário, Portugal irá avançar para mais dois decretos até ao dia 17 de maio. Se assim for, os portugueses continuaram em quarentena e com medidas de contenção.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome