EconomiaSetúbal

Porto de Setúbal optimiza controlo de contentores com scanner móvel

- publicidade -

O Porto de Setúbal está a promover a melhoria das condições de utilização do scanner móvel de inspeção de contentores, recentemente adquirido em parceria com a Administração Tributária, com vista a otimizar as operações de controlo da Alfândega nos principais terminais multiusos, permitindo uma maior eficiência e uma melhor produtividade, reduzindo tempos de espera e deslocação para a utilização deste serviço.

A utilização deste scanner móvel permite à Administração Tributária, com recurso a tecnologia não invasiva através de radiações, verificar o conteúdo dos contentores previamente selecionados, sem necessidade de proceder à sua abertura.

O projeto agora em fase de implementação, com o apoio dos operadores dos terminais multiusos da Tersado e da Sadoport e da Alfândega de Setúbal, prevê a criação de uma área coberta para a operação dos camiões que transportam os contentores.

Para tal foi cedido um espaço de utilização comum entre os dois terminais, afeto exclusivamente a estas operações de inspeção, o qual está dotado das todas as condições de segurança e operacionalidade para o veículo que incorpora o scanner inclui ainda um espaço de apoio às restantes atividades de controlo alfandegário.

Para a administração do Porto de Setúbal «este investimento potenciará o combate à fraude fiscal e ao tráfico de cargas ilícitas, com uma maior segurança, simplificação, celeridade e eficácia dos processos de controlo relativos ao desalfandegamento das mercadorias, numa resposta aduaneira adequada e sem perdas de eficiência protegendo o País e a região, e dotando o porto de um serviço mais eficaz às cargas».


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui