Economia

Portagens perdem 287 milhões de euros devido à pandemia

- publicidade -

A pandemia causou uma forte quebra nas receitas das concessionárias de autoestradas, atingindo uma quadra da faturação de menos 287 milhões do que em 2019.

As receitas de portagens das autoestradas portuguesas caíram para 918,31 milhões de euros, menos 23,8% face aos 1.205,48 milhões alcançados em 2019, segundo o JN, com base nos dados da Associação das Sociedades Europeias Concessionárias de Autoestradas com Portagem (ASECAP). 

Os valores de 2020 foram os mais baixos desde 2015, uma vez que foi registada até ao final de março, “uma queda acentuada” face a iguais períodos de 2020 e 2019. Houve uma quebra de 31%, “sendo mais evidente nas vias muito afetadas pela quebra no turismo, como sejam a A22 (Via do Infante) com menos 43% de tráfego e a N125 com menos 38%”, contou a ASECAP.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo