Quantcast Choice. Consent Manager Tag v2.0 (for TCF 2.0)
AtualidadeDestaqueDistritoDistrito SetúbalPalmelaPinhal Novo

Populações das zonas rurais de Pinhal Novo preocupadas

- publicidade -

Nos últimos dias são muitos os alertas deixados nas redes sociais a dar conta de uma viatura ligeira de cor escura que percorre toda a região rural da freguesia de Pinhal Novo, em busca de algo que possa ser furtado.

Segundo os relatos que chegaram na última semana ao Diário do Distrito, dão conta que são pessoas de etnia cigana e que percorrem todos os aceiros há busca de ver os passos dos moradores. Os alvos, como nos diz Luís Pereira num relato que nos fez chegar: “Esta semana esse carro foi avistado novamente na zona dos Arraiados, eram quatro indivíduos todos de etnia cigana e um que vem no banco traseiro e com a janela aberta vai olhando para as moradias e para os movimentos que as habitações tem“.

Segundo outro relato que nos chegou da zona do Penteado, Moita, os indivíduos terão feito o mesmo “modus operandis” e três dias depois uma carrinha branca terá passado nos lugares marcados e furtado bens, na sua maioria ferro velho.

Esta semana alguns relatos deixados nas redes sociais, alertavam para o facto de duas mulheres da mesma etnia abordarem os mais idosos nas ruas da vila de Pinhal Novo, tentando vender algo, mas muitos desses relatos acreditam que a abordagem das mulheres seria para terem a confiança das pessoas mais idosas que estavam naquela zona da vila. Há mesmo quem afirme que denunciou o caso a uma patrulha da GNR que estava estacionada no triângulo dos pinheiros, naquela vila.

Tentamos obter esclarecimentos por parte da GNR sobre este assunto, mas até agora não obtivemos qualquer resposta.

[themoneytizer id=”61056-1″]

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui