Atualidade

Polícias querem igualdade de benefícios aprovados para trabalhadores do SNS

- publicidade -

O Sindicato Nacional da Polícia (SINAPOL) entende que o prémio de desempenho e as férias extra aprovados pelo parlamento para o Serviço Nacional de Saúde, deveria ser estendido à PSP.

“O Sinapol entende que o prémio de desempenho e os dias de férias extra que hoje foram aprovados na Assembleia da República, para os trabalhadores do Serviço Nacional de Saúde, diretamente envolvidos no combate à pandemia, sejam alargados aos polícias que estiveram e continuam a estar diretamente envolvidos no combate à pandemia“, refere em nota de imprensa enviada à Lusa.

Os polícias reconhecem  “a justeza da medida aprovada hoje no âmbito do Orçamento Suplementar, mas considera que os profissionais de polícia devem igualmente ser alvo de um reconhecimento que não se traduza apenas em louvores”.

Muito embora, se “os trabalhadores do SNS, vão beneficiar de “um bónus salarial de 50% do salário base e de uma majoração dos dias de férias, de um dia de férias por cada período de 80 horas de trabalho normal, efetivamente prestado no período em que se verificou a situação de calamidade pública, que fundamentou a declaração do estado de emergência, e ainda, um dia de férias por cada período de 48 horas de trabalho suplementar efetivamente prestado no período em que se verificou a situação de calamidade pública que fundamentou a declaração do estado de emergência”.

O sindicado deixa o apelo “ao Governo, para aplicar aos profissionais da Polícia de Segurança Pública, medidas semelhantes às agora aprovadas na Assembleia da República para os trabalhadores do SNS.

“Se o governo entender não o fazer, demonstra cabalmente estar a discriminar de uma forma negativa, os profissionais da Polícia de Segurança Pública que estão sempre na linha da frente na defesa da República, dos cidadãos e da democracia”, conclui o comunicado.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui