Setúbal

Polícia Marítima resgatou mulher de 64 anos que caiu no rio Sado

publicidade

Elementos do Comando-local da Polícia Marítima de Setúbal resgataram ontem do rio Sado uma mulher de 64 anos, que havia caído ao rio junto das instalações do Clube Naval de Setúbal.

​O alerta foi recebido cerca das 22h30, através de uma chamada telefónica, tendo sido de imediato ativados os meios necessários por terra e por água, guarnecidos por seis operacionais, que chegaram ao local cerca das 22h35.

Segundo informação da Polícia Marítima, no local, foi verificado que uma senhora se encontrava nas águas do Sado, agarrada a um cabo que havia sido lançado por populares que se encontravam no cais, a uma altura de cerca de 4 metros.

Os elementos da Polícia Marítima embarcados procederam de imediato ao resgate da vítima para bordo da embarcação, transportando-a, de seguida, para a Doca das Fontainhas, onde uma equipa de socorristas dos Bombeiros Voluntários de Setúbal a aguardava.

A vítima sofreu escoriações superficiais nos membros e apresentava um hematoma na cabeça.

No seguimento das averiguações realizadas, apurou-se que a vítima se encontrava a realizar um passeio pelo cais junto ao rio, quando inadvertidamente caiu ao rio Sado.

No presente caso, e dada a assistência imediata de populares e a pronta intervenção da Polícia Marítima, a situação acabou por não ter consequências de maior gravidade.

A Autoridade Marítima Nacional alerta os cidadãos para terem sempre o maior cuidado em passeios junto da orla marítima e, se possível, fazê-los sempre em companhia, como é exemplo o presente caso, que marcou a diferença entre o sucesso e o insucesso no seu salvamento.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui