AtualidadeBarreiroJustiça

Polícia Marítima apreendeu 700 kg de amêijoa-japonesa no estuário Tejo no Barreiro

publicidade

O Comando-local da Polícia Marítima de Lisboa realizou ontem uma ação de fiscalização e policiamento dirigida à atividade ilegal de captura e comercialização de bivalves na zona ribeirinha do Barreiro, no estuário do rio Tejo, tendo apreendido cerca de 700 kg de amêijoa-japonesa e diversos utensílios usados para a prática da atividade.

Nesta ação, a Polícia Marítima de Lisboa intercetou e fiscalizou ainda dois indivíduos, junto à margem, que se dedicavam à compra e recetação de amêijoa-japonesa proveniente de apanhadores ilegais deste bivalve.

Como medida cautelar e de polícia, foram apreendidos os 700 kg da amêijoa, posteriormente devolvida às aguas do rio por se encontrar viva, uma viatura ligeira de passageiros, uma balança portátil, documentação probatória de quantidades e valores das compras e sacos de acondicionamento e embalagem dos bivalves, tudo resultado e utilizado na prática desta atividade ilegal. O material apreendido ficará à guarda do processo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui