BragançaDestaqueDistritoJustiça

Polícia Judiciária deteve uma mulher suspeita de incêndio florestal

publicidade

A Polícia Judiciária, através da Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real, procedeu à identificação e detenção de uma mulher, suspeita de ter ateado um foco de incêndio em área florestal, sita em Torgueda – Vila Real.

O incêndio, ocorrido no dia 20 de Setembro de 2019, cerca da 12H15, consumiu área de mancha florestal, constituída, maioritariamente, por mato.

O foco de incêndio colocou em perigo uma mancha florestal, constituída por mato e povoamento de pinheiro bravo, castanheiros e área agrícola, bem como várias habitações, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos bombeiros e de um meio aéreo.

A detida, com 42 anos de idade, sem ocupação laboral, foi presente a interrogatório judicial e aguarda agora em prisão preventiva os ulteriores termos do processo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui