Santiago do Cacém

Polémica na Assembleia Municipal de Santiago do Cacém

publicidade

A primeira Assembleia Municipal de Santiago do Cacém em período de desconfinamento ficou marcada com o abandono em bloco dos eleitos dos partidos da oposição, da sala onde decorria a reunião.

O PS Santiago do Cacém divulgou um vídeo onde explica o que levou os deputados municipais da Assembleia Municipal do PS, PSD e BE a abandonarem os trabalhos pelas 00h40 da passada sexta-feira.

A sessão ordinária da Assembleia Municipal teve lugar no dia 26 de Junho no Auditório Municipal António Chainho, que os eleitos da oposição consideram não ter condições para este tipo de reuniões em tempo de pandemia.

A explicação é prestada por Susana Pádua, presidente da Concelhia do Partido Socialista de Santiago do Cacém e membro da Assembleia Municipal de Santiago do Cacém, que aponta como motivos “as condições da sala, como a presença de muitas pessoas e sem existir renovação do ar, a falta de álcool gel na sala, e sem uma secretária para colocar os documentos.

Fomos tendo alguma complacência com o que se tem passado, mas devido ao adiantado da hora, entendemos não haver condições para continuarmos, embora a CDU tenha continuado os trabalhos.»

Apesar da saída em bloco dos elementos da oposição, a maioria CDU continuou os trabalhos, por ter quórum, uma vez que estão eleitos da CDU – 17 membros; PS – 7 membros; PSD – 4 membros; BE – 1 membro.

Esta decisão da maioria CDU leva os eleitos do PS a afirmar que vão ponderar impugnar as decisões que forem votadas “porque serão votados documentos importantes apenas pela CDU, e aprovadas durante o período após a saída dos elementos da oposição”, no que Susana Pádua considerou uma “atitude pouco democrática da CDU”.

Na Assembleia Municipal, a primeira após o início da pandemia, a bancada do Partido Socialista apresentou também a proposta para que as reuniões fossem transmitidas online, o que foi rejeitado pela bancada em maioria da CDU.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui