PJ, Marinha e Força Aérea apreenderam duas toneladas de cocaína

Cerca de duas toneladas de estupefaciente foram apreendidas numa operação conjunta entre a Polícia Judiciária, a Marinha Portuguesa e a Força Aérea.

0
388
Tempo de Leitura: < 1 minuto

A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes, com o apoio da Marinha com um meio naval do Destacamento de Ações Especiais dos fuzileiros e do Centro de Operações Marítimas, e a Força Aérea, participaram numa operação de desmantelamento de uma rede de tráfico transcontinental de estupefacientes.

Na ‘Operação Glória’ que decorreu nas duas últimas semanas, foram detidos dois homens estrangeiros de 51 e 53 anos de idade, que serão hoje presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas, e foram apreendidas quase duas toneladas de cocaína e uma embarcação, além de diversos equipamento e documentação.

No decurso desta ação foi possível localizar e depois intercetar, em pleno Oceano Atlântico, num quadro de grande adversidade meteorológica, uma embarcação do tipo veleiro que estava a ser utilizada para o transporte de 1.820 kg de cocaína.

Esta operação, no âmbito de uma investigação iniciada na sequência de troca de informação no Maritime Analysis and Operations Centre – Narcotics (MAOC-N), com sede em Lisboa, contou também com o apoio da Polícia Federal do Brasil, da Direction Nationale du Reiseignement et des Enquêtes Douaniers das Alfândegas Francesas, da National Crime Agency do Reino Unido, da Drug Enforcement Administration dos E.U.A e da Unidad de Drogas y Crimen Organizado do Cuerpo Nacional de Policia de Espanha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome