Quantcast Choice. Consent Manager Tag v2.0 (for TCF 2.0)
InternacionalJustiçaNacional

PJ apreendeu 12 milhões de euros e arrestou casas de luxo em operação contra o tráfico de droga

Uma vasta operação policial de cariz internacional, que teve por objetivo principal desarticular uma importante organização criminosa.

- publicidade -

A Polícia Judiciária apreendeu 12 milhões de euros numa carrinha em Lisboa e imóveis no valor de 2,5 milhões (também na capital), numa operação desmantelamento de uma rede internacional tráfico de droga.

“Uma vasta operação policial de cariz internacional, que teve por objetivo principal desarticular uma importante organização criminosa que atuava em vários continentes e que, desde há vários anos, se dedicava à introdução no continente europeu de quantidades massivas de cocaína bem como ao branqueamento dos proventos resultantes daquelas atividades ilícitas”, pode ler-se no comunicado da PJ.

A operação contou com o suporte da Europol e estiveram também envolvidas as polícias do Brasil, Bélgica, Espanha, Holanda, Roménia e Dubai.

“No passado dia 23, ao início da manhã, foram realizadas em simultâneo no Brasil, Portugal, Espanha, Bélgica e Holanda um total de 179 buscas domiciliárias e não domiciliárias, tendo-se procedido à detenção de 45 suspeitos, 38 dos quais no Brasil, 4 na Bélgica, 1 em Espanha e 2 no Dubai“.

A Polícia Judiciária executou 15 buscas domiciliárias e não domiciliárias em território nacional, “tendo procedido à apreensão de um grande volume de documentação, equipamento informático, de telecomunicações e de outros objetos com relevância para as investigações”.

Das apreensões destacam-se:

  • Cerca de 12 milhões de euros em numerário em Portugal;
  • 2 imóveis em Portugal com valor estimado de 2,5 milhões de euros;
  • Várias contas bancárias cujos saldos ainda não se encontram totalmente contabilizados.

Nos restantes país foi apreendido:

  • 2 milhões de reais e 169 000,00 dólares americanos em numerário no Brasil;
  • 300.000,00 euros em numerário na Bélgica;
  • 163 imóveis no Brasil com valor estimado em mais de 132 milhões de reais;
  • 2 imóveis em Portugal com valor estimado de 2,5 milhões de euros;
  • 2 imóveis em Espanha com o valor estimado de 4 milhões de euros;
  • 37 aeronaves no Brasil;
  • 70 viaturas de luxo no Brasil, na Bélgica e em Espanha;
  • Ativos financeiros de valor ainda não completamente determinado.

“A organização criminosa agora desmantelada foi responsável pela introdução de pelo menos 45 toneladas de cocaína por ano no continente europeu expedida a partir do Brasil por via marítima”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui