Montijo

Petição online pede revisão do preço da água no Montijo

Petição sobre o preço da água no concelho do Montijo

publicidade

Uma petição online critica o preço cobrado pela autarquia do Montijo em relação a três concelhos do Arco Ribeirinho Sul.

A petição é dirigida à Câmara Municipal de Montijo e nesta é solicitado que o «preço da factura da água em Montijo seja nivelado pelo dos concelhos do Arco Ribeirinho Sul».

O texto da petição, assinada até agora por 56 pessoas, indica que o «Montijo é, em quatro dos municípios do arco ribeirinho sul (Alcochete, Barreiro e Moita) o concelho com o preço mais elevado na factura da água (tarifa da água, saneamento e resíduos sólidos).

Ou seja, Montijo, onde a qualidade da água deixa muitas dúvidas aos consumidores (água calcária com efeitos negativos nas canalizações, água, nalguns casos, amarelada e com um sabor desagradável) a factura da água é maior do que em municípios onde a qualidade da água não merece grandes reparos por parte dos seus consumidores.

O nivelamento do preço da factura da água em Montijo com o preço praticado nos outros três municípios é possível porque os 4 municípios integram (como associados) a Simarsul em matéria de saneamento e águas residuais e a Amarsul no tratamento de resíduos. As recomendações da ERSAR (Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos) devem ser aplicadas, de forma igual nos 4 municípios referidos.»

Desta forma os signatários propõem que «a Câmara Municipal de Montijo reveja os preços da factura da água para valores equivalentes aos praticados nos concelhos de Alcochete, Barreiro e Moita» e que a autarquia «estude as causas da menor qualidade da água nalguns locais e apresente soluções para resolver problemas, que se arrastam há tempo de mais».

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui