Parceiros
Braga
Em Destaque

Pessoal clinico e seguranças agredidos em Hospital de Famalicão

Agressores estão a monte.

- publicidade -

O serviço de urgências do Hospital de Famalicão foi esta madrugada palco de uma “guerra campal” protagonizada por um grupo de 15 a 20 pessoas que invadiram aquele serviço e agrediram um enfermeiro e um segurança, segundo comunicado da PSP.

Tudo terá acontecido por voltas das 3h30 desta terça-feira, numa altura que se registava baixa afluência ao serviço, quando o grupo que trazia uma jovem que aparentemente necessitava de cuidados médicos e exigiu entrar na área reservada a doentes com triagem e pessoal médico.

O segurança de serviço tentou impedir o acesso e as agressões começaram, deixando para trás um cenário de destruição no espaço. Segundo fonte da PSP, as agressões resultaram em ferimentos num enfermeiro e no segurança que presta serviço na portaria daquele serviço. Os danos registados foram de uma porta partida.

Depois de acionado meios policiais, o grupo terá fugido do local, não conseguindo a PSP identificar os autores das agressões e dos danos causados ao hospital.

A PSP adianta em comunicado que as diligências estão em curso a fim de identificar os indivíduos.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário