EconomiaGastronomiaGrândolaMundoPaísPolíticaSesimbraTurismo

Pescadores e armadores de Sesimbra reuniram-se com deputados do PCP

- publicidade -

Os deputados do PCP no Parlamento Europeu reuniram-se com pescadores e pequenos armadores de Sesimbra. A União Europeia pretende encerrar quase 100 áreas de pesca de fundo. Os estados-membros mais afetados serão Portugal e Espanha. João Pimenta Lopes informou que o Governo português decidiu apoiar a posição da União Europeia, ao contrário de outros governos.

O PCP acredita que a luta dos profissionais do sector pode levar a que os executivos atendam às justas preocupações destes profissionais. Só em Portugal, o regulamento, aprovado a 15 de setembro, vai levar ao encerramento de 15 áreas de pesca de fundo. Estes encerramentos poderão afetar a captura de várias espécies, incluindo o peixe espada preto. Este peixe é um dos mais emblemáticos da gastronomia sesimbrense.

Um dos principais temas desta reunião foi a contestação, generalizada na região, a construção de um complexo recifal ao largo da Comporta. Este recife vai afilar, ainda mais, a possibilidade de os pequenos pescadores poderem desenvolver a sua arte perto da costa. Os deputados defenderam que não se «pode limitar o acesso aos recursos da pesca e lesar os pescadores». No final desta reunião, os pescadores e pequenos armadores de Sesimbra decidiram avançar para a elaboração de uma “carta aberta” dirigida ao Governo. Esta missiva pede que o executivo atue para resolver os problemas apresentados.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *