Atualidade

Perto de oitocentas reclamações sobre Educação no Portal da Queixa

Educação motiva queixas de pais e encarregados de educação

publicidade

O Portal da Queixa registou desde o início deste ano um total de 767 reclamações dirigidas ao Ministério da Educação (ME) e seus organismos por parte dos pais e os encarregados de educação.

Entre 1 de janeiro e 9 de setembro foi registado um aumento ‘expressivo’ de 133% face a 2019, que no período homólogo, registou apenas 329 queixas, refere o Portal da Queixa.

Entre as reclamações estão as dificuldades em aceder ao Portal das Matrículas, site através do qual se processaram este ano as matrículas ou renovação; problemas referentes aos livros escolares, concretamente, com os vouchers MEGA (Manuais Escolares Gratuitos) disponibilizados pelo Ministério da Educação (ME), bem como, as dificuldades técnicas verificadas no acesso a ambos os portais.

Depois há as queixas por falta de vagas, da não colocação dos alunos nas escolas solicitadas e da falta de resposta dos organismos afetos ao ME.

«No Portal da Queixa, a página do Ministério da Educação apresenta uma taxa de resposta de apenas 26.2% e de 6.3% de taxa de solução, deixando os consumidores, na maioria das vezes, sem qualquer tipo de resposta.

O Índice de Satisfação do ME está pontuado em 16.9 (em 100).»

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui