BarreiroCrimeJustiça

Pedreiro que assaltava lojas no Barreiro ficou em prisão domiciliária

- publicidade -

Um homem de 29 anos de idade, pedreiro, toxicodependente e com antecedentes criminais pela prática de crimes de desobediência e condução em estado de embriaguez, foi detido por suspeita de crimes de roubo.

O homem está indiciado pela prática de três crimes de roubo, um dos quais agravado, nos dias 20 de fevereiro e 22 de maio de 2021. 

«O arguido é suspeito de, em três ocasiões distintas, se ter dirigido a estabelecimentos comerciais do Barreiro e, munido de uma faca, ter ordenado às funcionárias que abrissem a caixa.

De seguida, retirava da registadora as quantias monetárias que ali se encontravam e colocava-se em fuga» refere o acórdão do Ministério Público a que o Diário do Distrito teve acesso.

O Ministério Público requereu a aplicação da medida de coação de permanência na habitação, com meios técnicos de controle à distância, medida que foi aplicada pelo juiz de Instrução Criminal nos precisos termos da promoção do Ministério Público.

A investigação é dirigida pelo Ministério Público do Barreiro, do DIAP da Comarca de Lisboa, coadjuvado pela PSP do Barreiro.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui