Atualidade

Pedalar pelo mundo em agradecimento às autoridades portuguesas

- publicidade -

Hernâni Cardoso partiu numa volta ao mundo em 2014 na sua bicicleta Panzer, que demorou 4 anos e quatro meses, onde visitou 50 países «visitando o legado material e imaterial de origem portuguesa e que se encontra espalhado pelos 5 continentes» conforme descreveu a sua viagem.

Agora, em 2020, Hernâni Cardoso prepara-se para nova aventura, mas desta feita em homenagem às forças de segurança nacionais, como militar na reforma, com partida marcada para 18 de Julho.

«Estou de partida para mais uma aventura, sózínho, de bicicleta e acompanhado pelo nosso amigo CORONA, não não é cerveja, é o Covid.

Como sempre o faço dedico a minha aventura, o meu “sofrimento” físico e psicológico a uma causa para singelamente demonstrar a minha gratidão e quiçá, despertar interesse da população em geral, hoje tornada num imenso rebanho de carneiros» escreve na sua página no Facebook, onde deixa também outros ‘recados’ ao Governo e à falta de respeito pelas autoridades.

«Se em 2014 parti de Guimarães, a cidade berço, numa aventura de 4 anos e 4 meses a pedalar por esse mundo fora para prestar a minha homenagem aos nossos antepassados que se fizeram ao mar, hoje (mais concretamente no dia 18JUL) parto para mais uma aventura para vos homenagear, a vós que dia-a-dia colocam as vossas vidas em risco para que possamos dormir descansados, não termos os nossos carros vandalizados ou os nossos familiares assaltados e mortos.

A minha aventura, da qual não tenho ideia quando e onde irá terminar é uma singela homenagem ao vosso empenho e a minha maneira de vos agradecer pelo bem estar que indirectamente proporcionam a mim, à minha família e aos meus amigos em Portugal.

Não detenho cargos públicos de relevo, não faço parte do chamado Jet7 labrego português, mas decerto que muitos dos nossos compatriotas têm por vós o mesmo sentimento de respeito que eu tenho.

Ok, às vezes podemos nos chatear quando nos passam umas multazitas que nos fazem aquecer o sangue nas veias, mas pronto, faz parte do viver em sociedade.

Vou pedalar por vós, como disse, para demonstrar a minha gratidão.

Obrigado pelo vosso empenho diário.»

- publicidade -

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui