PolíticaSetúbal

PCP Setúbal critica medidas do Governo para as pescas

- publicidade -

A Organização Regional de Setúbal do PCP emitiu um comunicado no qual considera que «não se vislumbram medidas positivas para a pequena pesca costeira e para a pesca de cerco» e no qual «condena a posição do Governo do PS» na fixação de uma quota Ibérica de sardinha.

A amarra à política comum de pesca da União Europeia, deixa em terra uma necessária posição do Governo do PS que defendesse as particularidades da pequena peca costeira.

Onde está a modernização da Frota? onde fica a melhoria dos rendimentos dos pescadores e profissionais da Pesca? O sector é atractivo para os jovens? Onde está a contratação colectiva para os profissionais, um salário mínimo para a pesca? A valorização do preço do pescado na primeira venda e lota? Um correcto cálculo de pensões e reformas de acordo com o tempo de actividade exercida?» questiona a DORS do PCP.

«O Governo PS não responde a isto tudo! Mas o pior é que ainda agrava mais quem tenta sobreviver.

Como se não bastasse o que foi feito com a quota do biqueirão, o valor irrisório da cavala e carapau em lota, vem agora a posição em relação à sardinha, na fixação de uma quota Ibérica de 19106 toneladas, sendo 12705 toneladas para Portugal.

O parecer de entidades científicas com estudos comprovados e apresentados pelos cruzeiros realizados e a opinião dos pescadores e associações de armadores, confirmam que existe sardinha em abundância no nosso mar, que sustentaria, não pondo em causa o futuro do recurso, uma captura anual de 30000 toneladas.

Mas o pior é que o Governo PS, sabendo disto, mantém a quota e pretende aplicar outra medida sem fundamento!

A proibição durante o mês de Julho da pesca da sardinha às quartas-feira. Reduzindo a capacidade da pesca semanal. A sardinha é procurada no verão até Setembro. Faz sentido esta medida quando a sardinha tem escoamento garantido?».


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *