BarreiroPolítica

PCP quer ‘reconsideração’ sobre terminal de contentores no Barreiro

- publicidade -

O Gabinete de Imprensa do PCP emitiu uma nota na qual se pronuncia sobre o anunciado cancelamento do investimento portuário no Barreiro, após o ‘chumbo’ da Agência Portuguesa do Ambiente.

«O desenvolvimento do País reclama o investimento no sector portuário, potenciando os diferentes portos nacionais numa lógica de complementaridade, articulados com outros meios e vias de transporte, que valorizem a produção nacional e que promovam o tráfego de passageiros e mercadorias.

Foi neste quadro que, ao longo dos anos, foi ganhando força e sustentação a possibilidade de se avançar com investimento portuário no Barreiro para uma dinamização mais ampla das duas margens do Tejo, ampliando a sua capacidade, modernizando a sua operação, redinamizando a actividade produtiva e requalificando aquele território.

A defesa do investimento portuário no Barreiro tem merecido do PCP intervenção e proposta.

Sem que tenha sido desmentido pelo Governo, foi agora tornada pública a decisão de cancelamento do investimento portuário que o Governo tinha previsto para o Barreiro – um chamado porto de águas profundas, cuja dimensão e impactos suscitaram justas críticas desta vez, invocando  o parecer negativo dado pela Agência Portuguesa do Ambiente – APA.

Para o PCP, aquilo que se impõe, não é o cancelamento do investimento portuário no Barreiro, como será intenção do Governo PS, mas a urgente reconsideração das medidas a tomar que assegurem o desenvolvimento daquela infra-estrutura compatível com a qualidade de vida das populações, a defesa dos valores naturais e com o desenvolvimento daquela região e do País.

O PCP não pode deixar ainda de denunciar a insistência do Governo  em negar também a concretização da Terceira Travessia do Tejo, em modo rodo-ferroviário entre Barreiro e Chelas, de facto  uma obra estruturante quer para a área metropolitana de Lisboa quer para o País.

O PCP intervirá, com a sua própria iniciativa, para assegurar o desenvolvimento e o investimento necessário no Barreiro no quadro de uma visão estratégica  para  a região e para o país.»


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo