Política

PCP é contra o encerramento das escolas e pede que medida seja levantada “rapidamente

- publicidade -

O Partido Comunista Português (PCP) discorda com o encerramento das escolas e solicita ao que Governo recue “o mais rapidamente possível”.

“O PCP tem defendido que as escolas não deviam encerrar tendo em conta os prejuízos que serão causados aos alunos, nomeadamente nas suas aprendizagens. Para o PCP, não há alternativa ao ensino presencial, único que garante a necessária interação entre o aluno e o professor na sala de aula, elemento decisivo para garantir a qualidade do ensino”, explicam em comunicado.

tarot terapêutico

O partido diz que há “problemas ao nível da socialização e da saúde mental que o Governo não pode ignorar”, a par da ” perda de um terço do salário dos pais que não têm alternativa que não seja ficar em casa a acompanhar os filhos, os problemas associados à regulação do teletrabalho e a falta de resposta para os pais com crianças de idade superior a 12 anos aprofundam as desigualdades sociais num país já profundamente desigual”.

O PCP pede o regresso das aulas, “depois de um ano letivo marcado por prejuízos significativos, amplamente reconhecidos pela comunidade educativa”, o que se exige é que “a interrupção agora decidida seja levantada o mais rapidamente possível”.

Leia aqui na íntegra comunicado do PCP.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui