DesportoSetúbal

Paulo Rodrigues “de consciência tranquila” para a AG de destituição

Paulo Rodrigues está "de consciência tranquila", seja qual for a decisão dos sócios.

- publicidade -

A Assembleia Geral da possível destituição da direção do Vitória Futebol Clube está agendada para esta sexta-feira (4 de dezembro), mas Paulo Rodrigues está “de consciência tranquila”, independentemente da decisão que for tomada pelos sócios.

O presidente dos sadinos disse ao Diário do Distrito que “os sócios decidem o que querem para o Vitória, quer seja a destituição ou continuidade. É pena que esta seja uma Assembleia Geral que vai contra os próprios estatutos do clube, e que o Presidente da Mesa da Assembleia Geral não os respeite. É uma tristeza”.

Paulo Rodrigues relembra que “existe oposição desde o primeiro dia que ganhámos as eleições, e que vem crescendo com o apoio de várias organizações e vários grupos em Setúbal. Junta-se também a oposição a Câmara Municipal de Setúbal, que tem feito tudo para que a direção saia do clube.

Nunca fomos ouvidos pela Câmara, não sabemos porquê. O que sabemos é que a Câmara fez uma festa privada com os grupos das oposições que se estão a manifestar contra nós. Estiveram todos nessa festa privada. Esses grupos não têm é noção nenhuma do atual estado do clube, mas o que nos deixa tristes é que o Presidente da Mesa da Assembleia Geral convoque uma AG sem que nos possamos antes defender e conversar”, disse.

Apesar da difícil fase, Paulo Rodrigues voltou a sublinhar que está “de consciência tranquila desde o primeiro dia que entrei no Vitória, e vou continuar assim até ao meu ultimo dia no clube. Trabalho de forma tranquila e séria, sou honesto e digo a verdade aos sócios. Estamos unidos na direção e independentemente do resultado sabemos que fizemos o melhor pelo clube”.

Na AG de sexta-feira os sócios vão responder à pergunta: “Face ao momento vivido no Vitória Futebol Clube e, em especial, na Vitória Futebol Clube SAD, entende que esta Direção deve ser destituída?

Os sócios terão de votar SIM ou NÃO.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo