Cantinho da Bicharada

Passagem de Ano | Sabe como acalmar um animal com medo de fogos de artificio?

Todos os anos as histórias repetem-se, e agora tornadas mais visíveis com os apelos lançados pelas redes sociais.

Centenas de animais assustam-se com os fogos de artificio lançados na Passagem de Ano, e desaparecem dos seus lares, deixando os tutores arrasados, e se em muitos casos os animais reencontram o caminho de casa, em muitos outros as histórias não têm finais felizes.

Sabendo o que vai acontecer, pode tentar preparar o seu animal para ultrapassar esta fase, enquanto as mentalidades não mudam e não passam a ser obrigatórios os fogos silenciosos, já adoptados por muitos países.

Primeiro que tudo, há que colocar o animal em segurança, e isso implica verificar que não pode sair de casa, ou do quintal, mantendo as janelas e portões bem fechados e certifique-se que o seu animal usa uma coleira com identificação – para o caso de ocorrer uma fuga.

Garanta que estão num ambiente seguro, confortável e de onde não conseguem fugir, feche todas as portas e janelas, se possível, mantendo-os onde o ruído seja mais abafado.

Outro aspecto que pode ajudar, é ensinar o animal a que estes barulhos não representam perigo.

E isso tem de ser feito durante o crescimento e até treino, combinando brincadeiras com barulhos intensos, de forma a que o animal não encare o barulho excessivo como um perigo, usando gravações com os sons, e ao mesmo tempo oferecendo um petisco ou brincando com o animal, distraindo-o do ruído.

Deve ir aumentando gradualmente o som, até se aproximar ao barulho real, sempre acompanhando com brincadeira ou comida.  

Se não houve oportunidade de fazer este treino, pode fazer um treino rápido, dois ou três dias antes, colocando música alta, para que o animal se habitue ao barulho.

Alguns minutos antes das doze badaladas pode optar por colocar um protector auricular, ou mesmo um pouco de algodão nos ouvidos.

Durante os fogos de artificio, uma opção é colocar-lhe um colete protector ou uma faixa feita com uma toalha, em redor do corpo.

Sempre que possível, mantenha-se perto do seu animal, porque ele sentir-se-á mais seguro e confortável.

Se tiver escolhido passar o réveillon fora de casa, escolha um local silencioso para o cão ou gato, onde deve deixar água, comida que ele goste bastante, e uma caminha, além de brinquedos, e até uma peça de roupa sua e, caso seja possível, com música calma.

No entanto, também sabemos que por vezes há quem lance petardos antes e depois desses momentos, pelo que deve estar sempre atento à reação do animal.

Em caso o seu animal stressar mesmo muito, pode falar com o veterinário para lhe indicar um calmante.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *