Política

Partido Socialista volta a “esticar a mão” à CDU em Palmela

As eleições autárquicas foram umas eleições atípicas e confusas, mesmo assim deram a vitória à CDU na Câmara Municipal de Palmela, mas que precisou da ajuda de entendimento do PS.

- publicidade -

Na passada segunda-feira, o executivo da Câmara Municipal de Palmela, realizou a primeira reunião do mandato 2021/2025. Uma reunião que contou com caras repetentes e outras novas, como o caso da nova vereadora da cultura e do desporto, Maria João Camolas (CDU) e de Carlos de Sousa (MCCP) que não tem pelouros.

Álvaro Amaro, presidente reeleito em Palmela, anunciou os pelouros atribuídos aos vereadores da CDU e do PS. Pedro Taleço (PS) assume novamente a função a tempo inteiro gerindo os mesmos pelouros que detinha no mandato anterior.

A CDU ganhou as últimas autárquicas com 31,42% de votos, sendo a força política a ganhar em Palmela, mas estas eleições voltaram a dar uma maioria relativa aos comunistas em Palmela.  Nos últimos dias, fontes do PS e da CDU especulavam que Álvaro Amaro iria governar o seu mandato sozinho o que não veio a acontecer, tendo pedido “auxílio” aos socialistas que lhe voltam a dar a mão novamente para uma governação confortável.

Assembleia Municipal atenta

O que aconteceu no órgão Câmara Municipal que foi um entendimento à esquerda, não aconteceu na Assembleia Municipal, o cabeça de lista do PS, José Carlos de Sousa assumiu a presidência da mesma e que irá governar aquele órgão deliberativo dentro dos quatro anos. Segundo uma fonte próxima do PS, adiantou ao Diário do Distrito que o novo presidente da AM estará atento a todo o trabalho autárquico e que será rigoroso com as propostas apresentadas.

Qual o futuro de Ana Teresa Vicente

Esta é uma grande incógnita, algumas opiniões dentro e fora da CDU vão dizendo que a candidata Ana Teresa Vicente, que perdeu a presidência da Assembleia Municipal de Palmela, poderá não continuar no ativo, desta vez como membro da Assembleia Municipal. Com este retrocesso na AM, a candidata da CDU poderá ficar fora a vida política de Palmela.

João Costa…o secretário de Estado que é membro municipal

Muitas são as caras novas na Assembleia Municipal de Palmela, é o caso de João Costa, o secretário de Estado da Educação que foi eleito para ser parte integrante da bancada do PS neste mandato. Tal como o futuro e a continuidade de Ana Teresa Vicente naquele órgão autárquico, também está o de João Costa, não se sabe ainda ser continuará ou se será substituído por outro elemento. Do lado da CDU, a grande aparição foi a de Valentim Pinto, ex-autarca da Quinta do Anjo, que esteve quatro anos afastado da política e que entra na AM para o mandato de 2021/2025.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo